5 dicas imperdíveis para ajudar você a comprar a bicicleta ideal!

Comprar uma bicicleta

A criação de ciclofaixas, ciclovias, a manutenção e expansão do projeto de ciclofaixas de lazer aos domingos, aliado aos problemas da mobilidade urbana de grandes cidades, têm contribuído muito para que novos adeptos a esse esporte maravilhoso comecem a utilizar bicicletas como opção de lazer ou transporte.

E é aí que começam a surgir algumas dúvidas e questões para quem está começando:

  1. Como comprar uma bicicleta sem me arrepender?
  2. Existem tantos modelos… qual deles devo comprar?
  3. Compro nova ou usada?
  4. Por onde começar? Onde comprar?

Pensando nisso, trouxemos nesse post 5 dicas imperdíveis para ajudar você, que está começando no pedal, a comprar a bicicleta ideal sem se arrepender no futuro.

Veja as principais dicas para comprar uma bicicleta:

1) Defina o seu objetivo

Hoje temos 3 macrocategorias de ciclistas e, portanto, variadas categorias de bicicletas, que são descritas:

  • Ciclistas que querem participar de competições de velocidade. Nessa modalidade, há  entram as subcategorias: Ciclismo de Estrada ou Speed e Triatlo;
  • Ciclistas que querem realizar trilhas e/ou atividades mais “aventureiras”. Nessa modalidade, há subcategorias tais como Mountain Bike e Downhill
  • Ciclistas que querem apenas curtir o final de semana em uma bike, passear com a família ou usar como meio de transporte. Nessa modalidade, há uma série de modelos, mas para facilitar iremos chamar de Híbridas e/ou Urbanas.

Por que você tem que saber isso?

Bom… se você comprar uma bicicleta de estrada para fazer trilha, você destruirá a bicicleta mais rápido do que imagina. Se comprar uma Mountain Bike para fazer corridas de velocidade, posso garantir que você vai sofrer bastante para alcançar seus amigos. E se comprar qualquer uma das duas para a mobilidade ou lazer, estará jogando dinheiro fora… além disso, pode comprar uma bicicleta que não seja tão versátil e irritar você, quando surgirem os diversos tipos de pedais que a galera faz…

Por conta disso, é muito indicado que você saiba, exatamente, o que pretende fazer com a bicicleta para saber qual modelo comprar.

Para facilitar, pense no tipo de terreno que quer ir com a bike, frequência de uso e no tipo de pedal que a sua galera faz. Ao pensar nisso, já começará a ter uma ideia da bike que você precisa.

Vale destacar que nenhuma categoria é melhor que a outra, elas são apenas diferentes. Todas têm vantagens e desvantagens, e principalmente, usos específicos.

Para saber mais sobre as diferenças entre as categorias, suas vantagens, desvantagens e características, acesse a matéria que descremos os diferentes tipos e seus usos.

2) Avalie a necessidade de compra: usada ou nova?

Para quem está iniciando no ciclismo e ainda está em dúvida se realmente gosta do pedal, recomendados que, independentemente da categoria que escolher, a melhor opção é comprar uma bicicleta usada… e claro, antes de decidir comprar, pedale com bikes emprestadas ou alugadas para decidir se realmente gosta de pedalar.

Isso porque, seja por falta de tempo, medo dos veículos que dividem o espaço urbano, falta de adaptação, alguma dor que surgiu ao começar a praticar os exercícios ou até mesmo questões financeiras (nunca se sabe), muitas pessoas acabam desistindo de praticar o ciclismo alguns dias ou meses depois de comprar uma bike…

E assim como um veículo, ao tirar uma bicicleta nova de uma loja, a desvalorização que ela sofre é muito alta… Por outro lado, comprar uma bicicleta usada geralmente tem valor mais acessível, além de você conseguir encontrar boas marcas e configurações no mercado. Além disso, sofre menos depreciação e, se o proprietário usou pouco e nem “desgastou” o produto, você consegue uma boa bike por um ótimo preço.

Observação: se você gostar e se adaptar ao esporte, poderá vender sua bicicleta usada como entrada em uma nova, ou até vendê-la com um preço semelhante ao que comprou para adquirir um novo modelo…

2.1. Conheça a procedência da bike

Esse item merece atenção especial! Existe, infelizmente, um mercado muito grande de revenda de bicicletas roubadas. Nesse bolo, entram bicicletas de todas as categorias… não existe uma única modalidade específica quando o assunto é roubo, mas claro que a preferência dos assaltantes é pelas bikes mais caras.

Fique atendo ao comprar sua bike. O primeiro item que chama a atenção é o valor. Bicicletas com preço muito abaixo do mercado têm grandes chances de serem provenientes de furto ou roubo. Faça perguntas ao vendedor sobre a procedência, tipo de peças usadas na bike, onde foi comprada e veja se a bicicleta possui uma nota fiscal. Peça o número de série da bicicleta e faça uma busca no site Bike Registrada e verifique se ela possui um cadastro e procedência.

Fique esperto, pois adquirir ao bicicleta roubada você comete o crime de receptação, leia mais nesse post sobre Furto e Roubos de Bikes

3) Comece com modelos mais simples

Outra recomendação é que você opte, inicialmente, por modelos mais simples.

Existe no mercado, uma infinidade de materiais diferentes para as bicicletas, que de fato contribuem muito para uma melhor performance, mas tem um valor maior e necessitam de maiores cuidados e manutenção.

Dessa forma, nossa recomendação é que opte pelos equipamentos “de entrada”, que são mais simples, para que você consiga entender o funcionamento, consiga se adaptar e, a partir daí, comece a pensar em melhorias. Afinal, ninguém senta em uma bicicleta pela primeira vez já sabendo tudo sobre ela.

Além disso, ao optar por modelos mais simples, se você é do tipo “fuça-fuça”, caso seja necessário algum tipo de manutenção na bike, você mesmo(a) pode arriscar e mexer na sua bike para aprender… bicicletas mais sofisticadas requerem serviços especializados. Bicicletas mais simples, faça você mesmo!

Observação importante: “Produtos mais simples” não significam produtos de baixa qualidade. É importante manter a qualidade dos materiais para garantir um pedal seguro. Priorize mais reconhecidas.

4) Escolha o tamanho correto da bike

Assim como uma roupa e um sapato, a bicicleta deve se ajustar ao seu corpo. Basicamente, existem três tipos de tamanho de quadros de bicicletas (P, M e G).

Para cada categoria (Mountain Bike, Speed, Triatlo, etc.) há uma medida específica. O ideal é você sentar na bike, testar e sentir se a bicicleta está confortável para você após os ajustes necessários.

Abaixo, uma sugestão:

Infantil
Idade (anos) Altura (cm) Tamanho
3 a 4 89 a 107 Aro 12″
4 a 6 96 a 123 Aro 16″
6 a 9 109 a 142 Aro 20″
10 a 14 126 a 152 Aro 24″
Adulto
Altura média (m) MTB – Tamanho do quadro Speed – Tamanho do quadro
1,50 a 1,60 14 46 a 50
1,60 a 1,70 15 a 16 50 a 53
1,70 a 1,80 17 ou 18 53 a 56
1,80 a 1,90 19 ou 20 56 a 59
1,90 21 ou 22 59 a 63

Importante: converse com um lojista. Eles irão lhe informar qual é a melhor bike para a sua estatura.

5) Utilize acessórios de segurança

Antes de subir na bicicleta, compre equipamentos de segurança! Faça esse favor a você e a todos que se importam com você.

Capacete, luva, óculos, lanternas, materiais refletores… tudo isso foi estudado, projetado e criado para garantir a segurança dos ciclistas. Não existe um motivo inteligente para deixarmos (ou nos negarmos) a usar.

A segurança vem em primeiro lugar. Respeite a sinalização e use os equipamentos de segurança!

Bônus: Onde comprar?

Agora você já sabe como comprar uma bicicleta para iniciar no ciclismo, mas onde comprar?

Que tal conhecer nosso site?

A bikebazar é uma plataforma online para compra e venda de bicicletas, peças, acessórios e vestuários para ciclismo. Ou seja, lá você encontra de tudo…de bicicletas a equipamentos de segurança!

A bikebazar é simples, fácil e prática de se usar. Não perca tempo… acesse agora mesmo e veja os anúncios disponíveis!

Esperamos que tenha gostado de nossa matéria!

Se tiver alguma dúvida, escreva nos comentários para que consigamos te ajudar.

Até a próxima,

Equipe blogbikebazar

Sobre Equipe blogbikebazar 130 Artigos
Somos um grupo de amigos da cidade de São Paulo, apaixonados por bikes, ciclismo e triathlon. Pedalamos há mais de 16 anos e queremos compartilhar com vocês, ciclistas iniciantes e profissionais, nossas experiências adquiridas!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*