Atual campeã pan-americana, Priscilla Stevaux inicia caminhada rumo a Tóquio-2020

pixabay - bmx

Representante feminina do Brasil na modalidade BMX racing na Olimpíada Rio-2016, a sorocabana Priscilla Stevaux (Shimano/Dougtraining/Chase Bicyles) inicia neste fim de semana o ciclo olímpico visando os Jogos de Tóquio-2020. Stevaux está desde o início de setembro na Argentina, onde se prepara para a rodada dupla da Copa do Mundo UCI de BMX Supercross em Santiago Del Estero, neste sábado e domingo (29 e 30).

A ciclista chega para sua primeira competição visando Tóquio-2020 em boa fase, após ter conquistado o tetracampeonato brasileiro de BMX e de sagrar-se campeã pan-americana, ambas as competições em julho deste ano. “Estou muito feliz em poder representar meu País em mais uma Copa do Mundo, aqui na Argentina, neste novo ciclo olímpico. É muito bom quando chega a etapa da América do Sul. Nos sentimos mais em casa e, como de costume, consigo chegar mais cedo para me preparar melhor na pista”, destaca Priscilla.

Priscilla Stevaux na Argentina (Divulgação)
Priscilla Stevaux na Argentina (Divulgação)

“Espero começar o ciclo olímpico com o pé direito. Estou bastante animada e, depois da conquista do campeonato Pan-Americano Continental, na Colômbia, vou com muita garra em busca dos melhores resultados para o Brasil e, desta forma, fazendo com que conquistemos pontos preciosos já no início deste ciclo”, enaltece a sorocabana. “Diferentemente da seleção para Rio-2016, que contavam os cinco melhores resultados de cada um nos anos do ciclo, totalizando dez, desta vez valerá a soma das sete pontuações mais altas de cada atleta nos dois anos. Isso torna a disputa mais justa”, explica.

L’Étape Brasil – O Shimano Sports Team terá quatro representantes femininas na edição de 2018 do L’Étape Brasil, em Campos do Jordão (SP). Três delas são integrantes do LuluFive Team, Erika Soares, Marcella Toldi e a alemã Nadine Gill, além da ciclista de mountain bike  Viviane Favery (Cannodale Brasil Racing), que vai encarar a disputa como treinamento visando seu próximo desafio no ano, a ultramaratona Brasil Ride. Enquanto a versão completa da prova conta com 117 km, a curta tem 77,2 km.

LuluFive Team (Divulgação)
LuluFive Team (Divulgação)

Idealizadora do projeto LuluFive, que conta ainda com uma assessoria esportiva focada em ciclismo, Gisele Gasparotto avalia a expectativa para as integrantes de sua equipe na prova. “Estamos bem otimistas. As três ciclistas do nosso time treinaram muito e têm grandes chances de pódio na classificação geral. Além disso, teremos mais de 20 alunas que também vão correr com nossa camisa. Ou seja, o evento já é um sucesso para nós”, comemora Gisele. O trio da LuluFive compete com o medidor de potência FC-R9100-P, além de contar com grupo e rodas Dura-Ace da Shimano.

Viviane Favery (Divulgação)
Viviane Favery (Divulgação)

XTerra Estrada Real – Ambas as triatletas do Shimano Sports Team, Sabrina Gobbo (Trek/Shimano) e Laura Mira (Squadra Oggi), estarão neste fim de semana no XTerra Estrada Real, em Tiradentes (MG). A principal competição para ambas será realizada na manhã de sábado, a prova do duathlon: serão 3,5 km de corrida, 33 km de mountain bike e outros 9,5 km correndo. No domingo será a vez da MTB Cup Pro, com mais 43 km de pedal pelas trilhas da região.

Sabrina Gobbo (Divulgação)
Sabrina Gobbo (Divulgação)

Espaço das mulheres – A Shimano dá destaque especial a suas atletas, com releases, postagens em mídias sociais, eventos, entre outras ações de comunicação específica para o público feminino. O objetivo é difundir ainda mais o ciclismo feminino e dar atenção às ciclistas que crescem em quantidade e nível de profissionalismo a cada temporada.

Laura Mira (Claudio Capella / Divulgação)
Laura Mira (Claudio Capella / Divulgação)

Novidades Shimano – Em 2018, a Shimano fez o lançamento do tradicional grupo de ciclismo de estrada 105 R7000, totalmente remodelado: são novas tecnologias herdadas do Dura-Ace, alavancas de STI adequadas para mãos menores (de mulheres por exemplo) e freio a disco hidráulico – finalmente regulamentado pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). Vale destacar que o ciclismo de estrada é uma modalidade bastante praticada por atletas de MTB, como complemento aos treinos.

Também neste ano, a marca lançou o XTR M9100 e atendeu o pedido dos fãs com a configuração de 12 velocidades, trazendo muitas outras inovações. O grupo apresenta um cassete totalmente inovador com pinhões de amplo alcance de 10-45D ou 10-51D, freios com 2 ou 4 pistões, e um novo cubo com a nova tecnologia Shimano Micro Spline. Um novo projeto de configuração de freios e alavancas, que permite ao ciclista posicionar seus comandos, incluindo a alavanca de canote retrátil de selim “dropper post” XTR, em uma situação otimizada para máximo conforto e acionamento rápido.

FONTE – SHIMANO
Sobre Equipe blogbikebazar 146 Artigos
Somos um grupo de amigos da cidade de São Paulo, apaixonados por bikes, ciclismo e triathlon. Pedalamos há mais de 16 anos e queremos compartilhar com vocês, ciclistas iniciantes e profissionais, nossas experiências adquiridas!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*