Bike Indoor ou Spinning: conheça a importância desse tipo de treino

bike indoor spinning estudio de treino
Foto pixabay

Olá amigos,

É um grande prazer estar junto com vocês e falar de algumas grandes paixões: Bike, Triathlon, Treinamento e Saúde!

Ao longo de muitas pedaladas desde minha infância, somadas às teorias aprendidas e discutidas nas Universidades pelas quais passei, seja como aluno ou professor, acredito que aprendi muito e tenho boas dicas, informações e histórias para compartilhar com vocês.

Neste primeiro encontro, gostaria de falar um pouco sobre uma modalidade que muito tem ajudado os ciclistas neste mundo corrido de hoje: o BIKE INDOOR ou Spinning.

O Bike Indoor ou Spinning é o treino realizado em bicicletas ergométricas específicas e que simulam o treino de ciclismo de rua.

O treinamento indoor não reflete as mesmas experiências incomparáveis de sentir o “vento na cara” no pedal realizado nas ruas. Porém, esse tipo de treino pode nos auxiliar muito, pois tem suas vantagens:

  • Neste treino podemos economizar tempo em montar e desmontar a bike, carrega-la no carro, ajustar e colocar os acessórios. Além das aulas da modalidade terem em média, no máximo 1 hora de duração;
  • Sempre há treino, independentemente do clima, mesmo em dias de chuva ou muito frio;
  •  Torna-se mais seguro, principalmente, em dias nos quais você pedalaria sozinho(a);
  • As aulas são divididas de forma que atendam os principais objetivos fisiológicos utilizados no treinamento de rua: ENDURANCE, RESISTÊNCIA DE FORÇA E INTERVALADOS (aeróbios, anaeróbios e mistos).

O ciclismo indoor vem evoluindo muito nas 2 últimas décadas, e chegou para ficar nas academias do Brasil e do mundo. O Spinning foi idealizado pelo ciclista Johnathan Goldberg, ou simplesmente Johnny G. Johnny trouxe para dentro das salas o conceito do ciclismo outdoor (cadência, biomecânica, fisiologia e técnicas), aliada às animadas músicas e muita energia em grupo.

Vale a pena você introduzir aos seus treinos esse tipo de pedal!

Nesse sentido, ainda que seja um treino realizado em local fechado, alguns cuidados são muito importantes. Na regulagem de sua bike indoor, por exemplo, devem ser observados os seguintes itens para as suas pedaladas tornarem-se mais eficazes e não lesivas:

Altura do banco: Com o pé-de-vela totalmente voltado para baixo (posição de meio dia e meia), você deve observar a perna em maior extensão de joelhos e analisar se este ângulo de extensão está entre 10 e 30 graus. Sendo prático, seu joelho deve estar um pouquinho fletido.

bike indoor spinning estudio de treino
Foto: Dr. Sandro Rodrigues

Distância do banco: Com o pé-de-vela, voltado à frente (posição de quinze para as três), você deve alinhar a ponta da patela (ponta do joelho) com o eixo do pedal, ou seja, seu joelho não pode passar o meio-pé e nem ficar muita atrás dele.

bike indoor spinning estudio de treino
Foto: Dr. Sandro Rodrigues

Postura na bike: Para ciclistas iniciantes e que apenas utilizam a bike para lazer, que não utilizam uma posição aerodinâmica no dia-a-dia em suas pedaladas outdoor, indicamos que a postura seja o mais ereta possível (guidão da linha do banco para cima), para manter a curvatura fisiológica da coluna e evitar a abertura posterior das vértebras lombares e o anterior das cervicais.

Com estes 3 ajustes em dia, creio que você pode tirar bom proveito das pedaladas indoor em dias de chuva ou de pouco tempo para sair.

 

Um grande abraço e até a próxima !!!

Dr. Sandro Rodrigues dos Santos
Doutor pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP);

 

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista dos demais colunistas do blogbikebazar.
Sobre Dr. Sandro Rodrigues 2 Artigos
Formado em Educação Física e Fisioterapia, Pós-graduado em Treinamento Desportivo, Fisioterapia Musculoesquelética e Gestão de Academias, Master Training pela Vo2Pro - a maior certificação em corrida de rua do Brasil. Na área acadêmica, fez Mestrado e Doutorado pela faculdade de Medicina da UNICAMP, além de atuar como preparador físico de equipes profissionais de futsal conquistando junto à SELEÇÃO BRASILEIRA de futebol a MEDALHA DE OURO nas paraolimpíadas em LONDRES 2012. Já atuou como professor em cursos de Graduação em Educação Física e atualmente leciona em Cursos de Pós Graduação. É supervisor técnico da academia Move.Fit, Sócio-Proprietário da Academia IRON COMPANY Saúde e Fitness LTDA, além de diretor técnico da StartMove Assessoria Esportiva. Amante do esporte, é atleta, ciclista e triatleta.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*